Como Melhorar suas Redações e Obter mais Pontos em Seu Texto
OFERTA LIMITADA: ASSINE O PLANO DIAMANTE E LEVE JUNTO [GRAMÁTICA SIMPLIFICADA]

A Importância dos Conectivos e Conjunções nas Redações

 

O que são conectivos e  conjunções?

As conjunções são palavras ou expressões que servem para conectar duas orações, deixando o texto mais claro e bem mais interligado. Os conectivos e conjunções podem apresentar vários sentidos dentro do texto.

Por que empregar conectivos e conjunções nas redações?

São eles que interligam os períodos, deixando a informação mais clara e bem concatenada; esses conectivos e conjunções têm o papel de ligar duas orações, isto é, dois verbos. Por essa razão é importante empregar sempre o período composto no decorrer do texto.

Como saber quais conectivos e conjunções empregar?

Há vários conectivos e conjunções e eles são divididos em conjunções coordenadas e adverbiais. Na hora de elaborar seu texto, você deve analisar o que pretende transmitir para seu leitor, por isso você deve decorar as orações coordenadas e adverbiais.

Conjunções Coordenadas

Aditiva: serve para somar orações ou termose - nem - mas também - como também - bem como, além de...

Adversativa: serve para apresentar oposição entre orações; deve ocorrer quando uma oração é positiva e a outra é negativa: porém - contudo - todavia - mas - e - entretanto - no entanto...

Alternativa: serve para apresentar uma escolha entre as ações: ou... ou - ora...ora - já...já - quer...quer - seja ...seja

Conclusiva: serve para concluir uma ação anterior: logo – portanto – assim – então – por conseguinte, por isso, pois (após o verbo)

Explicativa: serve para esclarecer uma oração anterior: porque - que - porquanto - pois (antes do verbo)

Conjunções Adverbiais

Causal: serve para apresentar um “motivo” ou “causa” em relação à oração principal: Já que - visto - pois - porque - uma vez que - por - como...

Consecutiva: serve para apresentar “resultado” em relação à oração principal: tanto que - tal que - tamanho que - de modo que - tão que - de forma que...

Concessiva: serve para apresentar uma “teimosia, insistência” em relação à oração principal: embora - ainda que - mesmo que - por mais que - conquanto - apesar de...

Condicional: serve para apresentar uma “possibilidade ” em relação à oração principal: se - caso - contanto que - desde que - a menos que - salvo se - a não ser que...

Final: serve para apresentar uma “meta” ou “um objetivo” em relação à oração principal: a fim de que - para que - com a finalidade - de forma que - com intuito de...

Comparativa: serve para comparar uma oração à outra ou comparar elementos: como - tanto quanto – que - mais...que - menos...que - tal que...

Conformativa: serve para apresentar uma concordância entre uma oração e a outra oração: conforme - segundo - como - de acordo - segundo - consoante...

Proporcional: serve para modificar uma oração em relação à outra: à proporção que - à medida que - quanto mais - ao passo que - quanto menos...

Temporal: serve para indicar o “momento” em que ocorre uma determinada ação: quando – enquanto - logo que - desde que - assim que – mal – ao - sempre que...

Como melhorar sua nota?

Nunca repita a mesma conjunção em sua redação, pois isso demonstra que você não as conhece e certamente perderá muitos pontos, creio que você não queira isso! Sempre empregue o sinônimo da conjunção; se  já empregou a conjunção adversativa "mas" no primeiro parágrafo; no segundo, você deve empregar seus sinônimos: porém, todavia, entretanto... Muitos alunos, ao redigirem suas redações, tendem a empregar a mesma conjunção em todo o texto; com isso, a nota dele tende a ser diminuída.
 
Agora, você já sabe mais um superdicas de redação para que seus textos fiquem cada vez melhores; aproveite e faça parte do nosso curso de redação online: videoaulas, dicas, apostilas em pdf e suporte direto com o Professor Leo para você tirar suas dúvidas. 

PORTUGUÊS TOTAL POR 1 ANO + GRAMÁTICA SIMPLIFICADA

APENAS 12X48.62
Close

50% Complete

Ebook 50 questões de CRASE

Baixe agora o Ebook com Dicas e Macetes do Prof. Leo