5 Casos Facultativos de Colocação Pronominal - Dicas Infalíveis

Casos Facultativos de Colocação Pronominal

 

Há casos na colocação pronominal em que os pronomes oblíquos átonos (se, te, me, lhe, nos, vos, o, a) podem assumir tanto a posição de próclise quanto a posição de ênclise; isso ocorrerá em:

1. Presença de Pronomes Retos

Os pronomes retos são: eu, tu, ele, nós, vós, eles. Os pronomes oblíquos poderão ficar antes do verbo ou posterior ao verbo.

Eu o ajudei na festa.
Eu ajudei-o na festa.

Nós lhe ajudamos.
Nós ajudamos-lhe.

2. Sujeito Claro na Frase

O sujeito é a palavra que comanda o verbo, isto é: flexiona o verbo. Sempre que o sujeito vier visível, aceita-se a posição de próclise ou de ênclise.

Os alunos me falaram tudo.
Os alunos falaram-me tudo.

A prefeitura nos ajudou com isso.
A prefeitura ajudou-nos com isso.

3. Presença dos Pronomes "lo, la" 

Quando na frase houver a preposição "para" mesmo seguida com o advérbio negativo, haverá duas posições.

Fiz isso para o ajudar.
Fiz isso para ajudá-lo.

Falou para não o ajudar.
Falou para não ajudá-lo.

4. Conjunções Coordenadas

Ela falou e me ajudou com tudo.
Ela falou e ajudou-me com tudo.

Vou à festa, mas me ajude primeiro.
Vou à festa, mas ajude-me primeiro.

5. Locução Verbal com Atratividade

A locução verbal é quando há dois verbos; mesmo que haja palavras atrativas, o pronome oblíquo poderá assumir duas posições: antes do primeiro verbo ou após o segundo verbo.

Não vou falar-lhe nada.
Não lhe vou falar nada.

Agora você já sabe os casos facultativos de colocação pronominal; basta fazer bastantes questões para fixar o que aprendeu. Caso caia em sua prova, você não errará mais.

QUERO APRENDER MAIS, POIS PRECISO SER APROVADO NO CONCURSO:

QUERO MUDAR MINHA VIDA
Close

50% Complete

Ebook 50 questões de CRASE

Baixe agora o Ebook com Dicas e Macetes do Prof. Leo