ASSINE O PLANO ANUAL E GANHE A COLETÂNEA

Concordância do Verbo Haver nos Concursos Públicos

concordância verbo haver Oct 17, 2018

Verbo existindo nos públicos

Verbo HAVER is um dos verbos mais cobrados nas provas de cargos públicos e vestibulares, pois apresenta algumas maldades. Explicarei, nesta aula de português, para você sair bem

HAVER = EXISTIR = VERBO NO SINGULAR

Sempre que você pode substituir o verbo “haver” pelo verbo “existir”, tal verbo ficará no singular; p ois Sujeito Não Tem, ocorrendo Sujeito inexistente OU Oração sem Sujeito . Nesse caso, chamamos de verbo impessoal .

Atenção:

  • Verbo sempre não singular nenhum sentido de “existir”.
  • Ocorre sujeito inexistente orthing sem sujeito.
  • Conhecido como verbo impessoal.
  • Apresentará objeto direto como complemento do verbo.
  1. Havia muitas pessoas lá. = Existiam muitas pessoas lá.
  2. Não houve vagas suficientes. = Não existiram vagas suficientes.
  3. Sei que haverá bastantes pessoas. = Sei que existirão bastantes pessoas.

Note que, nesses casos, o verbo haver apresenta apenas objeto direto, não havendo sujeito em sua estrutura.

Verbo haver em locuções verbais

As locuções verbais com o verbo haver ficarão também sempre no singular, pois ele contamina o verbo anterior, tornando-o também um verbo impessoal:
  • Há de haver
  • Pode haver
  • Deve haver
  • Vai haver
  1. Há de haver vagas para todos que vieram.
  2. Pode haver vagas para todos que vieram.
  3. Deve haver vagas para todos que vieram.
  4. Vai haver vagas para todos que vieram.

Perceba que o primeiro verbo não vai para o plural, já que a locução verbal apresenta o verbo "haver" no sentido de existir.

O verbo "existir" deve concordar com o sujeito, flexionando o verbo anterior:
  • Pode existir
  • Vai existir
  • Deve existir
  • Há de existir
  1. Podem existir  vagas para todos os que vieram.
  2. Vão existir  vagas para todos os que vieram.
  3. Devem existir  vagas para todos os que vieram.
  4. Hão de existir  vagas nesta empresa.
Veja agora que a locução verbal não está no singular, logo o verbo ficará no singular.
 
É possível haver sujeito quando ocorrer o verbo "haver", desde que não esteja no sentido de "existir":
 
1. Haviam falado dela na festa. = Sujeito indeterminado (eles)
2. Como garotas existeam bem na aula. = Sujeito simples (garotas)
 
Perceba que o verbo pode se desligar do sentido conforme o contexto, portanto não decore que ele nem sempre cairá no singular. Em regra, quando aparecer nas provas de ataques públicos, ele não se encontra no singular; mas tenha muito cuidado.

Fique ligado com novidades e atualizações!

Receba todas as dicas e macetes direto em seu e-mail. E participe das nossas promoções e cursos grátis.

E-BOOK COM 50 QUESTÕES COMENTADAS
Close

50% Complete