Evite Voz Passiva na Redação e Preze pela Ordem Direta
OFERTA LIMITADA: ASSINE O PLANO DIAMANTE E LEVE JUNTO [GRAMÁTICA SIMPLIFICADA]

Evite Voz Passiva na Redação

 

A redação é uma arte, por isso quanto mais dicas você tiver, mais chance terá para fazer um texto excelente e evitar erros. 

Preze sempre pela ordem direta para que seu texto fique mais claro; evite também a voz passiva, pois o leitor precisará parar para entender o que você quer dizer.

A voz ativa é essencial para que o texto fique mais objetivo e também claro; ela é constituída por sujeito + verbo + complemento verbal:

O governo liberou mais investimentos...

sujeito = o governo
verbo = liberou
objeto direto = mais investimentos

Imagine a frase na ordem indireta, ou seja, na voz passiva analítica. Você perceberá que demanda uma leitura mais atenta, pois o leitor deve ter o trabalho de colocar a frase na voz ativa. Por isso é essencial evitar a voz passiva.

Mais investimentos foram liberados pelo governo.

Perceba que a frase fica um pouco confusa, já que o leitor precisará de uma leitura mais atenta; depois da leitura, ele deverá voltar a frase para a voz ativa para melhor compreensão da mensagem.

Além disso, o texto fica maior, contribuindo para a falta de concisão textual (escrever de forma objetiva, retirando todos elementos desnecessários). 

Evite locuções verbais na hora de redigir o texto, normalmente, elas são desnecessárias:

vai investir = investirá
vem trabalhando = trabalha
estava ensinando = ensinava

Não que seja proibido o emprego da voz passiva ou da locução verbal; o problema é o excesso delas no decorrer da redação. A moderação é sempre importante quando elaborar suas informações.

foram investidas = investiu
foram feitas = fizeram

Qual frase realmente fica mais clara para você?

Voz ativa
O professor de português ensinou a matéria ao aluno.

Voz passiva
A matéria foi ensinada ao aluno pelo professor de português.

Certamente a voz ativa é bem mais fácil de ser compreendida pelo leitor.

Por que empregamos a voz passiva?

A voz passiva tem a função de dar ênfase ao termo que queremos destacar. Vejamos alguns exemplos.

O professor ensinou português.

Nessa frase na voz ativa, perceba que a ênfase está no sujeito "o professor".  Ele praticou a ação de ensinar algo. 

Português foi ensinado pelo professor.

Agora, o foco está no objeto, o qual assume a função de sujeito paciente. Note que o destaque recai totalmente no termo "português". Isso ocorre por causa da voz passiva analítica.

Agora você aprendeu mais uma informação importante para deixar sua redação ainda melhor. Aprenda com nosso curso completo de redação e tenha suporte direto com o Professor Leo.

PORTUGUÊS TOTAL POR 1 ANO + GRAMÁTICA SIMPLIFICADA

APENAS 12X48.62
Close

50% Complete

Ebook 50 questões de CRASE

Baixe agora o Ebook com Dicas e Macetes do Prof. Leo