Como Identificar o Índice de Indeterminação do Sujeito
OFERTA LIMITADA: ASSINE O PLANO DIAMANTE E LEVE JUNTO [GRAMÁTICA SIMPLIFICADA]

Índice de Indeterminação do Sujeito

 

O SE pode ter mais de 15 funções morfológicas e sintáticas; hoje falarei sobre o índice de indeterminação do sujeito, pois é muito cobrado nas provas tanto de concursos públicos quanto de vestibulares.

Quando ocorre?

Ocorre quando há verbos transitivos indiretos, isto é, seguidos de objeto indireto, o qual pede uma preposição.

Preciso de ajuda.
Necessito de você.
Confiamos em Deus.

Ele servirá para indeterminar o sujeito da oração; ocorrendo, portanto, o sujeito indeterminado. O verbo deverá ficar sempre no singular, jamais no plural:

Precisa-se de ajuda.
Necessita-se de você.
Confia-se em Deus.

Isso acontecerá quando houver (verbo + se + preposição); lembre-se de que a preposição deve estar ligada sempre ao verbo.

Precisam-se de ajuda. = errado
Necessitam-se de você.  = errado
Confiam-se em Deus.  = errado

Ocorre também com verbos intransitivos, isto é: verbos que não apresentam complemento verbal, já que apresentam sentido completo.

Vive-se muito bem aqui.
Fala-se bastante neste curso.

Quando houver o SE como índice de indeterminação do sujeito, haverá sempre voz ativo; muitos alunos acham que ocorre a voz passiva sintética, está apresenta o SE como partícula apassivadora.

Precisa-se de alunos. = Voz ativa (índice)
Vende-se casa. = Voz passiva sintética (partícula apassivadora)

Espero que tenha aprendido mais sobre as funções do SE. Que tal aprender muito mais com nosso curso de português completo, o qual vem com vídeos, dicas e macetes, simulados, apostilas em pdf e ainda suporte direto com o Professor Leo. 

 

PORTUGUÊS TOTAL POR 1 ANO + GRAMÁTICA SIMPLIFICADA

APENAS 12X48.62
Close

50% Complete

Ebook 50 questões de CRASE

Baixe agora o Ebook com Dicas e Macetes do Prof. Leo