Quando Empregar Mim ou Eu de Forma Certa?
INSCREVA-SE NA SEMANA DO PORTUGUÊS GRÁTIS
LIVROS CURSOS DICAS BLOG DEPOIMENTOS CURSOS GRÁTIS SEMANA GRÁTIS ACESSAR

Quando Empregar Mim ou Eu de Forma Certa?

Nesta questão de concurso, falarei sobre o emprego dos pronomes "eu"  e "mim", os quais são muito cobrados nas provas. Aprenda algumas dicas que farão a diferença em seus estudos.

A frase em que se deveria usar a forma EU em lugar de MIM é:

a) Quando houver um adjetivo antes da preposição "para", deve-se empregar o pronome "mim". Nesse caso, a frase está invertida, basta apenas colocá-la na ordem direta.

Estudar ficou muito complicado para mim.

Nem sempre entre preposição e verbo no infinitivo se emprega o pronome reto "eu", tenha muito cuidado com isso.

Outra dica é isolar o termo "para mim"; caso a frase fique correta, o emprego do pronome "mim" estará certo:

Ficou muito complicado estudar.

b) Após a preposição "entre" não se emprega o pronome reto "eu", pois nesse caso o termo não exerce a função de sujeito. Poderia empregar o pronome "eu", se houvesse um verbo no infinitivo.

Entre mim e ti nunca houve nada.
Seu que há algo entre mim e ela.

c) Embora haja um verbo no infinitivo "ver", não se emprega o pronome "eu". Note que a frase está invertida:

Ver filmes antigos é a maior diversão para mim.

Sempre procure colocar a frase na ordem direta, isso ajuda muito. Muitos alunos erram questões assim, porque aprenderam que "mim não faz nada"; realmente não faz, mas isso não quer dizer que não se pode empregar tal pronome antes de verbo.

Além disso, a vírgula ajuda muito, pois o sujeito não pode ser separado por vírgula, diante disso, não seria possível empregar o pronome reto "eu".

d) Como há a preposição "entre" e um verbo no infinitivo "viajar", emprega-se o pronome "eu", não o mim. Nesse caso, deve-se empregar um pronome capaz de ser sujeito do verbo "viajar". 

Entre eu viajar ou descansar...

Não confunda quando houver apenas a preposição  "entre" e não houver o verbo no infinitivo:

Entre mim e ela sempre houver amor.
Fica sempre entre mim nas conversas.

e) Em regra, sempre após preposições, deve-se empregar o pronome "mim".  A  expressão será complemento nominal, objeto indireto ou adjunto adverbial, normalmente.

Ficou fácil para mim tudo isso.
Ficou fácil para mim falar.
Não fale mais de mim aqui.
Para mim, estudar é muito bom.

Agora, você já consegue fazer outras questões de concursos públicos com mais segurança. Se tiver dúvidas, conte comigo pelo whatsApp que se encontra no site.

GABARITO D

SEMANA DO PORTUGUÊS

Aula de redação, gramática, interpretação e questões 100% grátis.

QUERO ME INSCREVER
Close

50% Complete

Ebook 50 questões de CRASE

Baixe agora o Ebook com Dicas e Macetes do Prof. Leo