Questões Comentadas da Banca Cespe sobre Pontuação

 

A banca Cespe é muito maldosa em suas questões, por isso farei um supercomentário sobre um tópico do qual a banca vem gostando sempre em suas provas: a matéria de pontuação.

As orações subordinadas adjetivas ocorrem apenas em período composto e apresentam, em regra, pronomes relativos: que, quem, onde, qual, cuja...

A função desse tipo de oração é apresentar uma qualidade, por isso tem o nome de oração adjetiva; ela se divide em dois tipos:

Oração adjetiva explicativa: aquela que apresenta vírgula antes do pronome relativo

Sempre que houver pronomes relativos e antes deles vier uma vírgula, você está diante de uma oração subordinada adjetiva explicativa. Essa vírgula poderá ser substituída por dois travessões, parênteses.

O livro, que estava na mesa, sumiu.
O Brasil, que exporta laranja, está crescendo.

Oração adjetiva restritiva: aquela que não apresenta vírgula imediatamente antes do pronome relativo

Ela tem a função de restringir o substantivo a que se refere, indicando que há mais de um elemento, isto é, é um ser dentro de um grupo.

O livro que estava na mesa sumiu.

Nesse caso, ocorre uma oração adjetiva restritiva cuja função é restringir o termo "livro"; falando que há mais de um livro e que sumiu apenas o que estava na mesa. Portanto, é possível inferir que há pelo menos 2 livros: o que estava na mesa e o que não estava.

Saiba que a pontuação muda o sentido da frase; tenha muito cuidado com isso, já que a banca Cespe cobra não só a parte gramatical como também a parte interpretativa.

São duas frases totalmente diferentes quanto ao sentido:

O livro que estava na mesa sumiu. = restringiu
O livro, que estava na mesa, sumiu. = explicou

Quanto o termo a que se refere for único, isto é: não houver outro, a vírgula deve ser obrigatória e não poderá ser retirada da frase. Vejamos alguns exemplos.

O Brasil, que fica na América do Sul, é um dos maiores países do mundo.

Note que não existe outro "Brasil", só há um país no mundo chamado de "Brasil". Diante disso, a vírgula deve ser empregada, dado que a oração é apenas explicativa. Nesse caso, a pontuação não pode ser retirada, senão ocorrerá um prejuízo quanto ao aspecto gramatical.

A banca Cespe pergunta se a correção é mantida e se o sentido é alterado. Conforme estudamos, o sentido é alterado. Logo, a questão está correta. Muitos candidatos acreditam que não há diferença ao retirar as vírgulas. 

Aprenda mais com nosso curso completo e se prepare para quaisquer concursos públicos. Faça parte do nosso curso de português completo para concursos públicos e vestibulares. Aprenda de forma clara e objetiva com a didática do Professor Leo.

TENHA ACESSO AO CONTEÚDO EXCLUSIVO

QUERO APRENDER MAIS
Close

50% Complete