Questões Comentadas da Banca IBFC - Questão de Regência

 

Uma das matérias de que a Banca IBFC vem cobrando em suas provas é a regência verbal; portanto, estude muito esse tópico. Saiba também que a banca tem o costume de cobrar 12 vezes mais comuns:

avisar - pagar - perdoar - esquecer - lembrar - chegar - ir - preferir - visar - assistir - namorar - implicar.

Vamos ao comentário de cada alternativa para você aprender ainda mais. Lembrando que a banca solicita a opção errada.

a) O supervisor chamou todos os funcionários.

O verbo "chamar", no sentido de "convocar", pede objeto direto. Posso chamar alguém, exigindo a presença dele.

Ele chamou seus filhos ontem.
Maria chama os professores, a fim de pagar a eles.

b) O adiamento do evento implicará em corte de verbas. 

O verbo "implicar", no sentido de "acarretar", pede objeto direto, isto é, não aceita as preposições "em, na, na". Uma coisa implica outra, por isso a forma correta seria:

O adiamento do evento implicará corte de verbas.
Sua atitude implica sua demissão.

c) Eles não se esqueceram da data da audiência.

O verbo "esquecer" apresentam duas formas possíveis:

Com pronomes oblíquos: se, me, nos..., o verbo pede a preposição "de, do, da". Quando o verbo é seguido desses pronomes oblíquos, dá-se o nome de verbo pronominal. 

Ela se esqueceu do livro na festa. = Obj. indireto
Maria se esquece de tudo. = Obj. indireto
Eles se esqueceram de que teriam prova. = Obj. indireto

Sem pronomes oblíquos, o verbo pede apenas objeto direto, isto é: esquecer algo.

Ela esqueceu o livro na festa. = Obj. direto
Eles esqueceram que teriam prova. = Obj. direto
Maria esquece tudo.= Obj. direto

d) Os candidatos visavam a um resultado eficiente.

O verbo "visar", no sentido de "desejar", pede a preposição "a, ao", nesse caso, é importante ter atenção com as regras de crase. 

Ele visa à promoção de diretor.
Ele visa ao cargo de chefe.

Não se empregou o acento grave, pois é proibido a ocorrência de crase antes de pronomes indefinidos "um, uma". Lembre-se também de que esse "a" é meramente uma preposição.

e) Perdoaram aos agressores. 

O verbo "perdoar" pedirá a preposição "a, ao" quando o complemento for representado por "pessoas", caso contrário pedirá objeto direto - termo sem preposição:

Ele perdoou ao professor ontem.
Ele perdoou à professora ontem.
Ele perdoou a conta da filha.

Aprenda mais com nosso curso completo e se prepare para quaisquer concursos públicos. Faça parte do nosso curso de português completo para concursos públicos e vestibulares. Aprenda de forma clara e objetiva com a didática do Professor Leo.

TENHA ACESSO AO CONTEÚDO EXCLUSIVO

QUERO APRENDER MAIS
Close

50% Complete