Dicas de Português Para Concursos Públicos
SEMANA DO PORTUGUÊS SIMPLIFICADO - INSCREVA-SE GRATUITAMENTE
LIVROS CURSOS DICAS e MACETES BLOG AFILIADOS SEMANA DO PORTUGUÊS ACESSAR

Análise Sintática Comentada - Questões Comentadas

Questão comentada de sintaxe, uma das matérias mais cobradas nas provas de concursos públicos. Aprenda alguns termos e maldades com os comentários do Professor Leo.

O termo destacado foi classificado corretamente em:

a) À onça matou o homem. (sujeito)

O termo "à onça" não pode ser sujeito, uma vez que está com acento grave; o sujeito não vem preposicionado. Note que o sujeito é o termo "o homem", basta colocar a frase na ordem: 

O homem matou à onça.

Empregou-se o acento grave para tirar a ambiguidade, pois não se saberia quem matou quem: se o homem matou a onça ou se a onça matou o homem. Portanto, o termo "à onça" exerce a função de objeto direto preposicionado.

b) Tinha necessidade de ajuda. (objeto indireto)

O termo "de ajuda" não completa verbo, mas o substantivo "necessidade", diante disso, não pode ser objeto...

Quero aprender mais...

Adjunto Adnominal e Complemento Nominal - Como Diferenciá-los?

 

O adjunto adnominal e complemento nominal são temas bem recorrentes nas provas de concursos públicos, por isso passarei mais uma superdica de gramática para ajudar você em seus estudos.

A confusão ocorre quando o termo preposicionado (ligado por preposição) está ligado ao substantivo abstrato; lembre-se de que se o termo preposicionado estiver ligado a substantivo concreto, tal termo desempenhará a função de adjunto adnominal.

Para facilitar, a confusão ocorre, em regra, com as  preposições (de - do - da). Com isso ficará mais fácil para fazer a diferença entre o adjunto adnominal e complemento nominal.

Vamos lá!

Adjunto adnominal terá sentido ATIVO, isto é: o termo fará a ação. Para isso, basta perguntar quem faz a ação.

A leitura do aluno foi boa.

Quem leu?
O aluno = ativo (AA)

A descoberta do...

Quero aprender mais...

Concordância Nominal O mais POSSÍVEL

 

A expressão "o...possível" é empregada como uma locução para indicar o grau superlativo, em regra, fica invariável; ela também pode ser acompanhada do artigo feminino "a...possível". O termo "possível" não deve concordar com o substantivo, mas com o artigo que vem antes:

Vimos mulheres as mais bonitas possíveis.
Vimos mulheres a mais bonitas possível.

Note que o segredo está no "artigo", a concordância deve ser feita sempre com ele. Nos concursos públicos, a segunda frase aparece mais, pois muitos estudantes acham que a frase está erradíssima.

Pedimos pães o mais gostosos possível.
Pedimos pães os mais gostosos possíveis.

É possível também que essa expressão venha invertida na frase; mesmo assim "o...possível" fica invariável:

Quero dois pães o mais possível claros.
As aulas...

Quero aprender mais...

Concordância Verbal com Porcentagem

 

Em regra, a concordância verbal com porcentagem se faz com o primeiro número, isto é, se o número for até "1", o verbo ficará no singular; caso o número seja a partir de "2" , o verbo ficará no plural.

0,8% estudou português para concursos.
1% sabe que gramática é muito importante.
1,9% estuda português, pois é essencial.

Note que o verbo ficou no singular, uma vez que a porcentagem não passou de "2%"; sempre concorde com o primeiro número, ou seja, a parte inteira. 

2% sabem que a língua portuguesa é essencial para as provas.
30% dos alunos não dominam as regras gramaticais.

Quando a porcentagem vier seguida das preposições "do, da", o verbo poderá assumir duas formas: ou concordará com o número ou concordará com o substantivo após a preposição.

1% dos alunos estuda gramática para...

Quero aprender mais...

Questão de Ortografia Comentada

Vamos aprender algumas dicas de grafia para você não errar mais nas provas de concursos públicos ou também no dia a dia. Simplifique a forma de aprender gramática com as dicas do Professor Leo.

Qual é o par de palavras em que apresenta erro em relação à grafia.

a) ferrugem - enferrujem

Se a palavra primitiva não apresentar a letra "j" em seu final, ela será grafada com "g", tal como: ferro = ferrugem. As palavras, em geral, são grafadas com  "agem, ugem", com exceção de "pajem - lambujem".  

triagem - vagem - contagem - barragem - miragem....

Se a palavra apresentar "j" em seu final, os derivados continuarão com "j", tais como:

enferrujar = enferrujem / despejar = despejem / viajar = viajem

b) viagem - viajem

As duas formas estão corretas, entretanto há diferença entre os termos:

Viajem = vem do verbo "viajar" e denota a...

Quero aprender mais...

Diferença Entre Regência Verbal e Nominal

 

A regência é tudo que está ligado a um verbo ou a um nome; esse termo pode vir seguido ou não de preposição, caso venho com preposição, chamamos de termo preposicionado.

Quais são as preposições?

As preposições essenciais mais comuns são: a, ante, após, até, com, contra, de, desde, em, entre, para, por, perante, sem, sobre, sob, trás.

Essas preposições podem ser exigidas pelo verbo (regência verbal) ou pelo nome (regência nominal).

O que é regência verbal?

A regência verbal ocorre quando o verbo pede complementos verbais, podendo ser objeto direto - sem preposição, e objeto indireto - com preposição. O verbo pode pedir apenas um complemento ou os dois ao mesmo tempo.

O aluno pagou ao professor. = v.t.i
O aluno pagou o débito. = v.t.d
O aluno pagou o débito ao professor. = ...

Quero aprender mais...

Você Decorou as Regras e Acentuação Gráfica? Olhe o Perigo!

Que tal aprender um pouco sobre acentuação gráfica com o Professor Leo e se preparar ainda mais para os concursos públicos em todo Brasil.

Entre as palavras abaixo, retiradas dos textos, aquela que só existe com acento gráfico é: 

a) história

É uma paroxítona terminada em ditongo crescente "ia"; todavia pode também ficar sem acento, podendo ser uma paroxítona terminada em "a". Depende apenas do contexto em que ela se encontra. Como a palavra pode ter mais de uma pronúncia, ela pode ter acento ou não.

Ele historia as coisas. = his-to-ri-a
A história é muito forte. = his-tó-ria

b) evidência

É uma paroxítona terminada em ditongo crescente "ia"; todavia pode também ficar sem acento, podendo ser uma paroxítona terminada em "a". 

Evidencia isto para mim. = e-vi-den-ci-a
Isto é uma evidência para nós. =...

Quero aprender mais...

Questão Comentada sobre Verbos - Locução Verbal

A locução verbal ocorre quando dois verbos estão juntos; mas muito cuidado, pois nem sempre isso é correto. Há casos em que haverá dois verbos e eles não formarão loução verbal.

A locução verbal apresenta três modos: verbo no infinitivo, quando termina em "r"; verbo no gerúndio, terminado em "ndo" e verbo no particípio, normalmente "ado, ido".

Estava falando
Foi lido
Vai estudar

O primeiro verbo é chamado de verbo "auxiliar"; já o segundo é o verbo "principal". Isso já ajuda você bastante nas provas de concursos públicos.

Vai estudar

Vai = auxiliar
estudar = principal

Perceba que os dois verbos equivalem ao verbo "estudará", por isso o primeiro é o principal, já que a conjugação verbal está presente nele.

A locução verbal também pode ser unida por meio de...

Quero aprender mais...

Emprego dos Pronomes Demonstrativos Este e Esse

 

Os pronomes demonstrativos são empregados para indicar um objeto; monstrando se esse elemento está perto ou distante. Esses pronomes também são empregados para se referirem a tempo ou a um termo no texto.

Pronome Este

Este pronome tem seus variantes: este (s), esta (s) e isto, sendo empregado quando o objeto ou o ser está em contato com quem fala.

Pisar
Tocar
Sentir
Vivenciar

1. Esta sala na qual estamos é muito bonita.
2. Esta blusa que uso é do curso de português.
3. Sei que este ano passarei em algum concurso público.
4. Este bebê em minha barriga é homem.

No texto, o pronome se refere ao segundo elemento citado ou também a uma termo que será mencionado:

1. Paula e Maria são jovens, esta é mais bonita e educada.

2. O país passa por estes problemas: fome e miséria.

Pronome Esse

Este pronome tem seus variantes: esse (s), essa (s) e isso, sendo empregado quando o...

Quero aprender mais...

Como Separar Palavras Com Prefixos na Separação Silábica

Vamos aprender um assunto simples, porém apresenta muitas maldades. Embora muitos achem fáceis as questões de separação silábica, tenho certeza de que essa questão deixa qualquer candidato com dúvida. 

Marque a alternativa em que a separação silábica está correta.

a) a-brup-to

A palavra "abrupto" não apresenta um encontro consonantal perfeito, o qual deve ficar sempre junto, tais como:

a-pla-car
a-bro-char

Nesse caso, o termo "ab" ficará só, assim como ocorre com o prefixo "sub":

ab-rup-to
sub-li-nhar

Note que muitos estudantes acham que "sublinhar" seria "su-bli-nhar"; mas isso não é correto, dado que não apresentar um encontro consonantal perfeito; é apenas um prefixo "sub". Quando houver prefixo seguido de uma palavra que começa com consoante, tal prefixo ficará só.

b - c - e) pa-ra-psi-có-lo-go

Note que a palavra...

Quero aprender mais...
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13
Close

50% Complete

Ebook 50 questões de CRASE

Baixe agora o Ebook com Dicas e Macetes do Prof. Leo