Dicas de Português Para Concursos Públicos
ASSINE O MÉTODO CLARET E LEVE JUNTO [COLETÂNEA COM 6 LIVROS]

Questões Comentadas de Português Sobre Concordância Nominal

Quanto à concordância nominal, a frase correta é:

a) Bastante alunos vieram ao curso.

Há duas formas possíveis para o termo "bastante":

bastante = muito = advérbio
bastantes = muitos = pronome adjetivo

Sempre que o termo "bastante" vier acompanhando o substantivo, ele deverá concordar em número; se o substantivo estiver no singular, o "bastante" ficará no singular; se vier no plural, o termo "bastante" ficará no plural. 

Bastante aluno veio.
Bastantes alunos vieram.

Basta também fazer a troca por "muitos": Muitos alunos vieram.

b) Estavam gostosa a laranja e a banana.

Muito cuidado, pois quando o verbo estiver no plural, o adjetivo deverá concordar com os dois substantivos, neste caso, o adjetivo "gostosa" deverá ficar no plural "gostosas" para concordar com os dois substantivos.

Estava gostosa a laranja e a banana.
Estavam gostosas a laranja e a banana.



c) Obrigados disseram aqueles...

Quero aprender mais...

Questão Comentadas Sobre Sintaxe

Hoje aprenderemos um pouco sobre sintaxe para você entender melhor essa matéria, pois é uma das mais cobradas nos cursos públicos e vestibulares. 

Quanto ao verbo da frase: "O Homem estava em casa.", pode-se afirmar que:

a) Há objeto indireto

Só ocorre objeto indireto com verbos transitivos indiretos; o objeto indireto é um termo seguido de preposição: a, ao, de, com, em, para, sobre...

Preciso do curso do Professor Leo.
Necessito de ajuda na língua portuguesa.

Mas nem sempre que houver preposição ao lado do verbo quer dizer que ocorre objeto indireto, a preposição pode se encontrar ao lado de um verbo intransitivo:

Saiu de casa para estudar português.
Chegaram ao curso de português atrasados.

Embora "de casa" e "ao curso" estejam com preposição e ao lado do verbo, eles não são objetos indiretos, pois os verbos são intransitivos....

Quero aprender mais...

Questão Comentada Sobre Hífen

Vamos aprender sobre o emprego do hífen de forma bem objetiva com os comentários do Professor Leo.

Quanto ao emprego do hífen, marque a alternativa incorreta:

a) para-raios

O prefixo "para" pede o hífen quando formar palavra composta, tais como: para-choque, para-fios, para-chuva, para-vento. No entanto algumas palavras ficam sem hífen:

paraqueda
paraquedista
paraquedismo

Note que o hífen continua quando houver o prefixo "para", exceto nas palavras que apresentam "queda" ou seus derivados. Definição do Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (VOLP).

b) Semiaberto 

Quando houver letras diferentes, a regra é que as palavras fiquem juntas, tais como:

semiaberto
autoescola
infraestrutura
agroindústria

Casos as letras (vogais) sejam iguais, deve-se empregar o hífen:

anti-inflação
micro-ônibus 
super-relação
contra-ataque

Com os prefixos...

Quero aprender mais...

A Importância dos Conectivos e Conjunções nas Redações

 

O que são conectivos e  conjunções?

As conjunções são palavras ou expressões que servem para conectar duas orações, deixando o texto mais claro e bem mais interligado. Os conectivos e conjunções podem apresentar vários sentidos dentro do texto.

Por que empregar conectivos e conjunções nas redações?

São eles que interligam os períodos, deixando a informação mais clara e bem concatenada; esses conectivos e conjunções têm o papel de ligar duas orações, isto é, dois verbos. Por essa razão é importante empregar sempre o período composto no decorrer do texto.

Como saber quais conectivos e conjunções empregar?

Há vários conectivos e conjunções e eles são divididos em conjunções coordenadas e...

Quero aprender mais...

Casos Facultativos de Crase

 

O que é crase?

Crase é a fusão de preposição e artigo definido feminino, sendo formada por (a + a). O primeiro "a" deve ser uma mera preposição, o segundo deverá ser um artigo definido por acompanhar o substantivo feminino. É possível também haver a fusão de preposição mais pronome demonstrativo (a + aquela).

Refiro-me à aula de português do Professor Leo.

Refiro-me a + a aula = à

Refiro-me àquele curso de português do Professor Leo.

Refiro-me à + aquele = àquele

Quais são os casos facultativos de crase?

Normalmente, aprendemos apenas três casos facultativos de crase, mas falarei os quatros casos que podem aparecer nas provas de concursos públicos e vestibulares.

1 - Após a preposição ATÉ

É proibido crase após preposições, exceto a preposição...

Quero aprender mais...

Questões Comentadas de Concordância Verbal da Banca UPENET

 

A Concordância verbal é um dos assuntos mais queridos das bancas de concursos públicos, por isso é muito importante estudá-la com frequência e, além disso, apresenta dezenas de casos de concordância.

O que fazer para acertar questões de concordância?

O primeiro passo é  encontrar o verbo;
O segundo passo é questionar o verbo;
O terceiro passo é concordar com o sujeito encontrado.

O verbo é o foco para se fazer a devida concordância verbal, pois é por meio dele que encontramos o sujeito; lembre-se de que o sujeito apresenta como núcleo uma palavra substantiva.

Comentários da questão da UPENET

a) A expressão "a maioria dos" permite que o verbo fique tanto no singular quanto no plural, podendo concordar com o termo "maioria", o qual o verbo ficará no singular e com o substantivo após a preposição "dos".

A maioria das...

Quero aprender mais...

O que é Propriedade Vocabular e Como Melhorar suas Redações

 

O que é propriedade vocabular?

É o emprego mais apropriado de uma palavra no decorrer do texto, analisando sempre o contexto em que ela será empregada. A propriedade vocabular deixa o texto mais objetivo e mais claro, pois ajuda na precisão das informações.

Como escrever um texto?

Mesmo que o texto seja um mero exercício escolar, antes de construí-­lo, é necessário saber para quem ele é redigido. O tipo de receptor determina a forma de sua mensagem. Um panfleto dirigido a crianças precisa ter uma linguagem fácil, direta, sem rebuscamento; já uma monografia, dirigida a um público especializado, permite que o redator abuse de termos técnicos, ou seja, cada texto tem uma finalidade e um público alvo. Mas, em qualquer situação, a simplicidade sempre é recomendada.

Linguagem Rebuscada

O Governo, por meio de sua Carta Magna, já tornou ...

Quero aprender mais...

Coesão Textual Anafórica e Catafórica

 

A coesão textual é muito importante tanto para a interpretação de texto quanto para a redação. Saber redigir um texto coeso é fundamental para que ele seja o mais claro possível.

O que é coesão textual? 

É quando um termo retoma outro no texto, fazendo uma substituição de palavras, com isso, o texto fica mais claro e melhor redigido.

Quais o elementos mais comuns na coesão textual?

Há algumas classes mais usadas no que se refere à substituição de termos no decorrer do texto:

Pronomes

Qualquer que tivesse sido seu trabalho anterior, ele o abandonara, mudara de profissão e passara pesadamente a ensinar no curso primário: era tudo o que sabíamos dele. O professor era grande, gordo e silencioso, de ombros contraídos. (Clarice Lispector)

Numerais

Havia dois amigos em uma floresta cujos nomes eram Paulo e Marcos. Sabe-se que o...

Quero aprender mais...

Questões Comentadas de Pronomes Oblíquos

Em verbos terminados em "R - S - Z", basta cortar essas letras e substituir o substantivo por "LO - LA", conforme o gênero e número.

Fiz a lição ontem. = Fi-la ontem.
Pus o livro ali. = Pu-lo ali.
Vou contar a verdade. = Vou contá-la.

Verbos que apresentam "TIL ou M", basta substituir o substantivo por "NO - NA", conforme o gênero e número.

Fizeram o trabalho. = Fizeram-no.
Põe o livro aqui. = Põe-no aqui.

Verbos terminados em "VOGAIS", basta substituir o substantivo por "O - A", conforme o gênero e número.

Vi a menina na festa. = Vi-a na festa.
Eu amo ela muito. = Eu amo-a muito.

Note que esses pronomes oblíquos só poderão substituir OBJETO DIRETO, jamais objeto indireto, o qual deve seguir esta regra:

À - AO = LHE (PESSOAS)
À - AO = A ELE (COISAS)

Devo obedecer ao professor. = Devo obedecer-lhe.
Paguei à professora. = Paguei-lhe
Assistimos à novela. = Assistimos...

Quero aprender mais...

Questões de Acentuação Gráfica Comentadas com Dicas e Macetes

Muitas pessoas têm a mania de decorar regras e esquecem-se de que as palavras podem ou não ser acentuadas, tudo depende do contexto em que elas estão inseridas.

Qual palavra deve ser acentuada conforme as regras de acentuação gráfica:

a) rubrica

A palavra correta é "rubrica", sendo uma paroxítona terminada em "a", por isso não leva acento.

Errado: rúbrica
Correto: rubrica

As paroxítonas terminadas em "a, e, o, em, ens" não são acentuadas; basta lembrar que é o contrário das oxítonas.

Oxítonas: a, e, o, em, ens = acento têm
Paroxítonas: a, e, o, em, ens = acento não têm

b) pudico

A palavra correta é "pudico", sendo uma paroxítona terminada em "o", por isso não leva acento.

Errado: púdico 
Correto: pudico

As paroxítonas terminadas em "a, e, o, em, ens" não são acentuadas; basta...

Quero aprender mais...
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11
Close

Segunda-feira farei um superdesconto no plano DIAMANTE, entre no grupo para receber mais informações e o link da compra.

ENTRAR NO GRUPO >>
Close

50% Complete

Ebook 50 questões de CRASE

Baixe agora o Ebook com Dicas e Macetes do Prof. Leo