Dicas de Português Para Concursos Públicos
{ENTRE AGORA NO GRUPO NO WHATSAPP}
LIVROS CURSOS BLOG QUESTÕES CURSOS GRÁTIS ACESSAR

3 Dicas Infalíveis de Concordância Nominal

 

O termo "obrigado" é um termo variável tanto em gênero (masculino ou feminino) quanto em número (plural ou singular), logo deve concordar com o substantivo ao qual se refere.

obrigado = 1 homem
obrigados = 2 homens
obrigada = 1 mulher
obrigadas = 2 mulheres

Os homens disseram obrigados ao professor de português.
As meninas falaram obrigadas para nós.
A menina disse obrigada ao homem.

O termo "meio" é muito comum nas provas de língua portuguesa nas provas de concursos públicos, por isso estou postando essa dica para ajudar você.

Meio = metade (numeral)
Meio = caminho (substantivo)
Meio = modo = um pouco (advérbio)
Meia = peça de roupa (substantivo)
Meia = metade (numeral)

Sempre que for substantivo ou numeral, o termo "meio" pode variar no plural; quando for advérbio, ficará sempre no singular.

Trabalho sempre aos meios-dias. (numeral)
Os meios mais fáceis para aprender português é...

Quero aprender mais...

Concordância Nominal O mais POSSÍVEL

 

A expressão "o...possível" é empregada como uma locução para indicar o grau superlativo, em regra, fica invariável; ela também pode ser acompanhada do artigo feminino "a...possível". O termo "possível" não deve concordar com o substantivo, mas com o artigo que vem antes:

Vimos mulheres as mais bonitas possíveis.
Vimos mulheres a mais bonitas possível.

Note que o segredo está no "artigo", a concordância deve ser feita sempre com ele. Nos concursos públicos, a segunda frase aparece mais, pois muitos estudantes acham que a frase está erradíssima.

Pedimos pães o mais gostosos possível.
Pedimos pães os mais gostosos possíveis.

É possível também que essa expressão venha invertida na frase; mesmo assim "o...possível" fica invariável:

Quero dois pães o mais possível claros.
As aulas...

Quero aprender mais...

Questões Comentadas de Português Sobre Concordância Nominal

Quanto à concordância nominal, a frase correta é:

a) Bastante alunos vieram ao curso.

Há duas formas possíveis para o termo "bastante":

bastante = muito = advérbio
bastantes = muitos = pronome adjetivo

Sempre que o termo "bastante" vier acompanhando o substantivo, ele deverá concordar em número; se o substantivo estiver no singular, o "bastante" ficará no singular; se vier no plural, o termo "bastante" ficará no plural. 

Bastante aluno veio.
Bastantes alunos vieram.

Basta também fazer a troca por "muitos": Muitos alunos vieram.

b) Estavam gostosa a laranja e a banana.

Muito cuidado, pois quando o verbo estiver no plural, o adjetivo deverá concordar com os dois substantivos, neste caso, o adjetivo "gostosa" deverá ficar no plural "gostosas" para concordar com os dois substantivos.

Estava gostosa a laranja e a banana.
Estavam gostosas a laranja e a banana.



c) Obrigados disseram aqueles...

Quero aprender mais...
Close

50% Complete

Ebook 50 questões de CRASE

Baixe agora o Ebook com Dicas e Macetes do Prof. Leo