Questões de Crase Comentada

Hoje aprenderemos mais sobre o emprego da crase por meio de questões comentadas. Logo abaixo, você terá a explicação de cada alternativa para entender melhor quando usar crase.

a) Nunca declare guerra a guerra.

Muito cuidado, pois não se emprega o acento grave entre palavras repetidas, MAS grave que são estruturas fixas, tais como: cara a cara, dia a dia, frente a frente, lado a lado...

Todavia é possível sim o emprego do acento grave entre palavras iguais quando a regência do verbo requerer um objeto direto e um objeto indireto. Note que o verbo "declarar" pede dois objetos ao mesmo tempo:

Declaro uma coisa à outra.
Declaro guerra à guerra.

O termo "a guerra" é objeto direto por não ter preposição e estar ligado ao verbo; "à guerra" é objeto indireto por completar o verbo por meio da preposição.

b) Eu trabalho de 8h às 18h.

Entre...

Quero aprender mais...

Casos Facultativos de Crase

 

O que é crase?

Crase é a fusão de preposição e artigo definido feminino, sendo formada por (a + a). O primeiro "a" deve ser uma mera preposição, o segundo deverá ser um artigo definido por acompanhar o substantivo feminino. É possível também haver a fusão de preposição mais pronome demonstrativo (a + aquela).

Refiro-me à aula de português do Professor Leo.

Refiro-me a + a aula = à

Refiro-me àquele curso de português do Professor Leo.

Refiro-me à + aquele = àquele

Quais são os casos facultativos de crase?

Normalmente, aprendemos apenas três casos facultativos de crase, mas falarei os quatros casos que podem aparecer nas provas de concursos públicos e vestibulares.

1 - Após a preposição ATÉ

É proibido crase após preposições, exceto a preposição...

Quero aprender mais...

Questões Comentadas da Banca Cespe sobre Crase

 

A banca Cespe tem o costume de cobra em suas provas de concursos públicos questões que envolvam não só a parte gramatical como também a parte interpretativa. Sempre analise a parte da gramática primeiro; caso não encontre erro gramatical, faça a analise da parte interpretativa.

Como analisar a parte interpretativa?

A banca Cespe, na parte interpretativa, gosta de inverter os termos na oração; trocar conectivos (conjunções) para que saber se o candidato consegue  entender o sentido original do texto e preservá-lo; em algumas vezes, gosta de acrescentar palavras ou expressões ou de trabalhar o sinônimo das palavras. Ter um bom vocabulário é essencial para analisar as questões da Cespe, sugiro sempre decorar uma palavra (por dia) no dicionário; no final do mês, você terá quase 30 palavras novas e, certamente,...

Quero aprender mais...

Questões Comentadas de Crase da Banca Fundep

 

Considerando a norma-padrão, assinale a alternativa em que o emprego da crase é obrigatório e correto.

A) Carlos joga futebol à Pelé.

Quando houver sentido de "moda, estilo, maneira", deve-se empregar o acento grave, mesmo que a palavra seja masculina.

Moda
Estilo
Maneira

Ele vestiu-se à Luís XV.
Cortou o cabelo à Ronaldinho.

Perceba que fica subentendida a palavra:

Ele vestiu-se à moda de Luís XV.
Cortou o cabelo à maneira de Ronaldinho.

B) Esse mês iremos à festas de aniversário todos os fins de semana.

Não se emprega o acento grave, dado que todo "a" antes de plural é meramente uma preposição. Nesse caso, o sentido é restrito, ou seja, apenas algumas festas.

Há diferença de sentido:

Iremos a festas. = restringe
Iremos às festas. = generaliza

C) Nunca fui à Nova Iorque.

Para nomes de lugares, vamos aplicar esta...

Quero aprender mais...

10 Dicas Infalíveis de crase

 

Dica de crase 1

Entre períodos ou intervalos, aplique essa dica de português para não errar mais crase:

De = a
Da = à

De 8 as 18h, ele viaja.
Das 8 as 18h, ele viaja.

Viajo de quinta a sexta.
Viajo da quinta à sexta.

Dica de crase 2

Quando houver o pronome demonstrativo "aquele" a dica é substituir pela preposição "ao", caso seja possível, haverá o acento grave.

Aquele = ao (àquele)

Vou àquele parque mais tarde.
Vou ao parque mais tarde.

Dica de crase 3

Quando houver indicação de lugares (cidades, países ou estados) empregue a dica do (CEP):

Cidades
Estados
Países

Vim da = crase haverá
Vim de = sem crase ficará

Vou à Bahia. = Vim da Bahia
Vou a Roma. = Vim de Roma.

Dica de crase 4

Com as palavras (DTC), só haverá acento acento grave se elas vierem determinadas, isto é, acompanhadas por um adjetivo que as qualifique:

D
...

Quero aprender mais...

Questões Comentadas da Banca Fumarc sobre Crase

 

Hoje, aprenderemos sobre crase, pois é uma matéria muito comum nas provas de concursos públicos. A banca Fumarc vem cobrando esse tópico e é importante que você o domine. 

a) É proibido o emprego do acento grave entre palavras iguais, tais como: cara a cara, dia a dia, frente a frente. Essas estruturas são fixas, sendo apenas uma expressão adverbial de modo, tempo. Todavia, em alguns casos, é possível a presença da crase entre palavras iguais quando a regência verbal exige.

Declarou guerra à guerra.

O verbo "declarar" pede objeto direto "guerra" e depois objeto indireto "à guerra"; pois declarou uma coisa à outra. Mas note que essa expressão não é fixa, ela ocorreu por causa da regência verbal. O verbo é bitransitivo, isto é, apresenta, ao mesmo tempo, objeto direto e indireto. 

b) A crase depende 90% da regência, ou...

Quero aprender mais...

Questões Comentadas da AOCP

 

A crase em "Claro que estou indo à festa." se deu em razão de uma locução adverbial feminina; note que, neste caso, "à festa" exerce a função de adjunto adverbial, já que o verbo "ir" é um verbo intransitivo.

a) A crase se deu por causa da regência nominal, pois o termo "acesso" pede a preposição "a". Quando a preposição não estiver relacionada ao verbo, mas ao adjetivo, ao substantivo ou ao advérbio, haverá a regência nominal.

Adjetivo
Substantivo
Advérbio

b) Em "Todos já estão adaptados às novas regras.", a crase ocorreu por se tratar de uma regência nominal, já que o adjetivo "adaptados" pede a preposição "a".

c) Note que a crase se deu pela regência do termo "semelhante", o qual não é verbo. Diante disso, trata-se de uma regência nominal. Houve a crase em função da...

Quero aprender mais...

Questão de Crase da Banca Cesgranrio

 

A crase é uma das matérias mais cobradas nas provas da banca Cesgranrio; você deve sempre estudar esse assunto, pois, em 85% das provas, a matéria de crase foi cobrada pela banca. Vamos ao comentário dessa questão para ajudar ainda mais você em seus estudos:

A / B / C) Não se deve empregar crase antes de palavras no plural, pois o "a" é meramente uma preposição. Para que haja crase, é necessário que ocorra a fusão de preposição mais artigo definido feminino. Sempre que o "a" vier antes de palavras no plural, ele é apenas uma preposição, por essa razão não há crase.

D) Antes de verbo, principalmente os que estiverem no infinitivo, ou seja, os que terminarem em "r", não haverá a crase; logo, ocorre apenas a preposição. Lembre-se de que o artigo deve acompanhar palavras femininas, se o termo posterior...

Quero aprender mais...

10 casos proibidos de crase para concursos públicos

Casos proibidos de crase é uma matéria de crase muito cobrada tanto em concursos públicos quanto em vestibulares; pensando nisso, eu separei para você este super artigo falando sobre os casos proibidos de crase. Sabendo os casos proibidos de crase, ficará muito mais fácil de acertar uma questão sobre essa matéria. Prepare-se, então, para entendê-los.

Caso 1
Antes de palavras masculinas: Quando uma palavra for masculina, ela aceitará o artigo definido "o".

1. Refiro-me a aluno que não faz o exercício.
2. Gostou de andar a e a cavalo.

Caso 2
Antes de palavra no plural (a+plural): Nesse caso, o "a" será apenas preposição, já que não concorda com o substantivo.

1. Vou a festas de vários jovens.
2. Refiro-me a mulheres mais maduras.

Caso 3
Antes de pronomes, em geral: Os pronomes não aceitam artigo, por essa razão o "a"...

Quero aprender mais...
Close

50% Complete