Dicas de Português Para Concursos Públicos
OFERTA LIMITADA: ASSINE O PLANO DIAMANTE E LEVE JUNTO [GRAMÁTICA SIMPLIFICADA]

Questão de Acentuação Gráfica Sobre Hiato

A palavra "" é a uma palavra dissílaba (a-í) e é acentuada por ser um hiato. Lembre-se de que o hiato ocorre quando há separação entre vogais, podendo ser quaisquer vogais: a, e, i, o , u.

Voo = vo-o
Saara = Sa-a-ra
Saída = sa-í-da
baú = ba-ú
creem = cre-em

Nossa! Pensava que o hiato era formado apenas pelo "i" ou "u"! Mas agora você já sabe. Os hiatos que levam acento são apenas o "í" ou "ú", seguidos ou não da consoante "s".

saí = sa-í
saída = sa-í-da
baú = ba-ú
saúde = sa-ú-de

O acento do hiato pode ocorre na primeira sílaba ou na segunda, não se enquadrando na regra da oxítona ou paroxítona, tome muito cuidado com isso.

São acentuados por serem hiatos as palavras:

a) país = pa-ís
c) saída = sa-í-da
d) atribuí-lo = a-tri-bu-í...

Quero aprender mais...

Questões Comentadas de Ortografia

Nessa questão de ortografia, eu passarei algumas dicas de grafia que, certamente, ajudarão você na hora de fazer questões de concursos públicos. Leia com calma cada comentário e se tiver dúvidas, só conversar comigo pelo WhatsApp: 37-988063373.

a) Em palavras que apresentam o "s" em seu final, os derivados também serão grafados com "s". Chamo isso de regra da genética: os filhos puxam os pais.

paralisia = paralisação, paralisado
casa = casamento, casado, casinha
análise = analisado, analisou

b) Os verbos "pôr e querer" têm seus derivados sempre grafados com "s", tais como:

pus, pusemos, compusemos...
quis, quisemos, quisesse...

c) Note que o correto seria "analisados", pois derivado de uma palavra que já possui o "s" em seu final:

analise = analisou, analisado

Deve-se empregar a letra "z" em palavras que não apresentam "s" no seu final ou nos adjetivos, tais como:...

Quero aprender mais...

Questões Comentadas de Português Sobre Concordância Nominal

Quanto à concordância nominal, a frase correta é:

a) Bastante alunos vieram ao curso.

Há duas formas possíveis para o termo "bastante":

bastante = muito = advérbio
bastantes = muitos = pronome adjetivo

Sempre que o termo "bastante" vier acompanhando o substantivo, ele deverá concordar em número; se o substantivo estiver no singular, o "bastante" ficará no singular; se vier no plural, o termo "bastante" ficará no plural. 

Bastante aluno veio.
Bastantes alunos vieram.

Basta também fazer a troca por "muitos": Muitos alunos vieram.

b) Estavam gostosa a laranja e a banana.

Muito cuidado, pois quando o verbo estiver no plural, o adjetivo deverá concordar com os dois substantivos, neste caso, o adjetivo "gostosa" deverá ficar no plural "gostosas" para concordar com os dois substantivos.

Estava gostosa a laranja e a banana.
Estavam gostosas a laranja e a banana.



c) Obrigados disseram aqueles...

Quero aprender mais...

Questão Comentadas Sobre Sintaxe

Hoje aprenderemos um pouco sobre sintaxe para você entender melhor essa matéria, pois é uma das mais cobradas nos cursos públicos e vestibulares. 

Quanto ao verbo da frase: "O Homem estava em casa.", pode-se afirmar que:

a) Há objeto indireto

Só ocorre objeto indireto com verbos transitivos indiretos; o objeto indireto é um termo seguido de preposição: a, ao, de, com, em, para, sobre...

Preciso do curso do Professor Leo.
Necessito de ajuda na língua portuguesa.

Mas nem sempre que houver preposição ao lado do verbo quer dizer que ocorre objeto indireto, a preposição pode se encontrar ao lado de um verbo intransitivo:

Saiu de casa para estudar português.
Chegaram ao curso de português atrasados.

Embora "de casa" e "ao curso" estejam com preposição e ao lado do verbo, eles não são objetos indiretos, pois os verbos são intransitivos....

Quero aprender mais...

Questões Comentadas de Concordância Verbal da Banca UPENET

 

A Concordância verbal é um dos assuntos mais queridos das bancas de concursos públicos, por isso é muito importante estudá-la com frequência e, além disso, apresenta dezenas de casos de concordância.

O que fazer para acertar questões de concordância?

O primeiro passo é  encontrar o verbo;
O segundo passo é questionar o verbo;
O terceiro passo é concordar com o sujeito encontrado.

O verbo é o foco para se fazer a devida concordância verbal, pois é por meio dele que encontramos o sujeito; lembre-se de que o sujeito apresenta como núcleo uma palavra substantiva.

Comentários da questão da UPENET

a) A expressão "a maioria dos" permite que o verbo fique tanto no singular quanto no plural, podendo concordar com o termo "maioria", o qual o verbo ficará no singular e com o substantivo após a preposição "dos".

A maioria das...

Quero aprender mais...

Questões de Acentuação Gráfica Comentadas com Dicas e Macetes

Muitas pessoas têm a mania de decorar regras e esquecem-se de que as palavras podem ou não ser acentuadas, tudo depende do contexto em que elas estão inseridas.

Qual palavra deve ser acentuada conforme as regras de acentuação gráfica:

a) rubrica

A palavra correta é "rubrica", sendo uma paroxítona terminada em "a", por isso não leva acento.

Errado: rúbrica
Correto: rubrica

As paroxítonas terminadas em "a, e, o, em, ens" não são acentuadas; basta lembrar que é o contrário das oxítonas.

Oxítonas: a, e, o, em, ens = acento têm
Paroxítonas: a, e, o, em, ens = acento não têm

b) pudico

A palavra correta é "pudico", sendo uma paroxítona terminada em "o", por isso não leva acento.

Errado: púdico 
Correto: pudico

As paroxítonas terminadas em "a, e, o, em, ens" não são acentuadas; basta...

Quero aprender mais...

Questões Comentadas sobre o uso dos Porquês

O uso dos porquês é bem cobrado nas provas de concursos e vestibulares, por isso merece muita atenção. Veremos dicas e macetes sobre os porquês para tornar seus estudos mais simples.

 

Por que = “razão pela qual” - “pelo qual” ou “por qual razão”:

1. Não sei a razão por que você não foi à festa.
2. Não sei a razão pela qual você não veio à festa.

1. Por que não veio à festa ontem?
2. Por qual razão não veio à festa?

Porque substitui por “já que, pois” - “para que”:

1. Não foi  à festa porque estava mal. 
2. Não foi à festa pois estava doente.

1. Ajoelhou-se porque fosse curado.
2. Ajoelhou-se para que fosse falecido.

Porquê = substituído por "motivo"

1. Diga-me o porquê de tudo.
2. Diga-me o motivo de...

Quero aprender mais...
Close

50% Complete

Ebook 50 questões de CRASE

Baixe agora o Ebook com Dicas e Macetes do Prof. Leo