Dicas de Português Para Concursos Públicos
RECEBA MATERIAIS - CLIQUE AQUI
GRAMÁTICA LIVROS CURSO VIP CURSOS DICAS BLOG PALESTRA ACESSAR

Regência do verbo Simpatizar

 

A regência verbal é muito importante na língua portuguesa, pois é por meio dela que nos comunicamos conforme o padrão culto da língua, ou seja, seguimos as regras gramaticais.

Mas a regência verbal é um treino constante, dado que para cada verbo há uma regência diferente. Muitos alunos tendem a decorar a regência dos verbos, todavia é muito importante analisar o contexto em que o verbo é empregado.

A regência do verbo "simpatizar" é empregada de forma muito errada em um diálogo, tal verbo não aceita os pronomes oblíquos: se, me, te, nos, vos.

Simpatizar = se, me, te, nos, vos.

Isso também serve para o verbo "antipatizar", seguindo a mesma regra. Além disso, a preposição pedida pelo verbo é a preposição "com".

Formas erradas:
1. Ele se simpatiza com ela.
2. Eu me simpatizo com você.
3. Nós nos...

Quero aprender mais...

Regência dos Verbos Esquecer e Lembrar de Forma Objetiva

 

A regência verbal é um dos assuntos mais cobrados nas provas de concursos públicos e uma das matérias com mais regras gramaticais, dado que cada verbo tem sua regência particular.

Hoje falarei sobre dois verbos muito exigidos nas provas: esquecer e lembrar. Prepare-se para aprender a regência desses dois verbos.

Esquecer e lembrar = algo (objeto direto)

Nesse caso, o complemento verbal é objeto direto (termo que completa o verbo sem o auxílio de preposição). A mesma regência de um verbo é a do outro, com isso fica mais fácil entender.

Ele esqueceu o livro na sala.
Ele lembrou o nome antes de ir.
A garota esqueceu a matéria da prova.

Esquecer e lembrar = de algo/ de alguém (objeto indireto)

Nesse caso, os verbos serão pronominais, isto é: serão acompanhados de pronomes oblíquos (se, me, nos). Havendo tais pronomes, você deverá empregar a...

Quero aprender mais...

Diferença Entre Regência Verbal e Nominal

 

A regência é tudo que está ligado a um verbo ou a um nome; esse termo pode vir seguido ou não de preposição, caso venho com preposição, chamamos de termo preposicionado.

Quais são as preposições?

As preposições essenciais mais comuns são: a, ante, após, até, com, contra, de, desde, em, entre, para, por, perante, sem, sobre, sob, trás.

Essas preposições podem ser exigidas pelo verbo (regência verbal) ou pelo nome (regência nominal).

O que é regência verbal?

A regência verbal ocorre quando o verbo pede complementos verbais, podendo ser objeto direto - sem preposição, e objeto indireto - com preposição. O verbo pode pedir apenas um complemento ou os dois ao mesmo tempo.

O aluno pagou ao professor. = v.t.i
O aluno pagou o débito. = v.t.d
O aluno pagou o débito ao professor. = ...

Quero aprender mais...

Questão de Regência Verbal Comentada

Aprenda português por meio de questões comentadas de provas de vários concursos públicos, sempre postamos novos conteúdos em nosso blog para ajudar você em seus concursos.

a) Obedeceu a regra estabelecida.

O verbo "obedecer" pede a preposição "a", todavia faltou o acento grave, dado que há uma palavra feminina. Uma dica é trocar a palavra feminina por outra masculina, caso seja possível trocar o "a" pelo "ao", haverá crase.

Obedeço à regra.
Obedeço ao homem.

b) Ele perdoará você, não se preocupe.

O verbo "perdoar" quando tem o complemento "pessoa" pede a preposição "a, ao"; logo a forma correta seria "perdoará a você. Não houve acento grave por não ter ocorrido crase (fusão de preposição mais artigo feminino. É proibido o acento grave antes de pronome "você".

Perdoará a você.
...

Quero aprender mais...

Regência do Verbo Chegar e Ir

 

A regência do verbal é muito cobrada nas provas de concursos públicos, pois  e um assunto que as pessoas erram bastante. Hoje falarei sobre a regência de dois verbos essenciais: chegar e ir.

Esses verbos são verbos intransitivos, isto é, não precisam de complemento verbal (objeto direto ou indireto); eles vêm, normalmente, acompanhados de adjuntos adverbiais de lugar:

Chegarei à loja mais tarde.
Chegarei ao evento após as 18h.
Vou ao curso de português com ele.
Ele vai à palestra sobre o curso de gramática.

Esses termos: "à loja, ao evento, ao curso de português, à palestra" não são objeto indireto, mas adjuntos adverbiais que indicam lugar.

Não se empregam as preposições: em, no, na; devem-se sempre empregar as preposições: aà, ao. Muito cuidado com as regras do acento grave (crase).

Norma coloquial...

Quero aprender mais...

Regência do Verbo Pagar e Perdoar

 

A regência verbal é muito cobrada nas provas de concursos públicos e também até nos vestibulares; são tantos verbos na língua portuguesa, mas, normalmente, 20 verbos são mais cobrados: pagar, perdoar, assistir, responder, implicar, namorar, residir, obedecer, simpatizar, comunicar, avisar, visar, informar, preferir, aspirar,  esquecer, lembrar,  chamar, querer, custar. Tente estudá-los e dominá-los; você verá que valerá a pena.

Todavia falarei hoje sobre os verbos pagar e perdoar, os quais apresentam a mesma regência verbal.

Pagar e Perdoar = refere-se à pessoa = à - ao

Quando o completo do verbo for uma pessoa, deve-se empregar a preposição "à ou ao", claro que se deve obedecer às regras de crase. Nesse caso, os complementos serão objetos indiretos.

Ele pagou ao homem. = objeto indireto
Ele pagou à mulher. =...

Quero aprender mais...

Simulado de Português Comentado

1. A divisão silábica está incorreta em:
a) in-ter-ur-ba-no
b) psicologia
c) of-tal-mo-lo-gis-ta
d) felds-pa-to

Dica: A separação de palavras com prefixo (termo antes da palavra) deve ser de trás para frente: cada vogal puxa uma consoante.

in-te-rur-ba-no = de trás para frente (correto)
in-ter-ur-ba-no = de frente para trás (errado)

Se você vier sempre de "trás", não errará palavras com prefixo, tais como:

subentender = su-ben-ten-der
sublinhar = sub-li-nhar
transamazônica = tran-sa-ma-zô-ni-ca

Outra dica: Em palavras que terminem com "ia", se não houver acento na sílaba anterior, essas vogais se separarão, formando hiato.

psi-co-lo-gi-a
se-cre-ta-ri-a
a-gi-a

Lembre-se também de que não existe sílaba sem vogal, toda sílaba precisa de uma vogal .

2. “Ficou muito complicado para ___assumir o cargo, sem que se repartam as...

Quero aprender mais...

Questões Comentadas da Banca IBFC - Questão de Regência

 

Uma das matérias de que a Banca IBFC vem cobrando em suas provas é a regência verbal; portanto, estude muito esse tópico. Saiba também que a banca tem o costume de cobrar 12 vezes mais comuns:

avisar - pagar - perdoar - esquecer - lembrar - chegar - ir - preferir - visar - assistir - namorar - implicar.

Vamos ao comentário de cada alternativa para você aprender ainda mais. Lembrando que a banca solicita a opção errada.

a) O supervisor chamou todos os funcionários.

O verbo "chamar", no sentido de "convocar", pede objeto direto. Posso chamar alguém, exigindo a presença dele.

Ele chamou seus filhos ontem.
Maria chama os professores, a fim de pagar a eles.

b) O adiamento do evento implicará em corte de verbas. 

O verbo "implicar", no sentido de "acarretar", pede objeto direto, isto é, não aceita as preposições "em, na, na". Uma coisa implica outra, por isso a forma...

Quero aprender mais...
Close

50% Complete

Ebook 50 questões de CRASE

Baixe agora o Ebook com Dicas e Macetes do Prof. Leo