Como Diferenciar o Adjunto Adnominal do Complemento Nominal

Adjunto adnominal 

Sempre que o termo preposicionado estiver ligado a substantivo concreto, será adjunto adnominal; já se estiver ligado a substantivo abstrato, ele deverá ter sentido ativo, isto é: praticar ação sobre o substantivo.

Substantivo concreto + de = adjunto adnominal

O anel de ouro = substantivo concreto
O livro do garoto = substantivo concreto
A mulher do vizinho = substantivo concreto

Perceba que todos os termos preposicionados estão ligados a substantivo concreto, portanto eles exercem a função de adjunto adnominal.

Complemento Nominal

Sempre está ligado a substantivo abstrato, nunca a substantivo concreto. 

Substantivo abstrato + de = poder ser complemento nominal

O medo de escuro = substantivo abstrato
A ida ao parque = substantivo abstrato
A descoberta do Brasil = substantivo abstrato

Diferença entre  o Adjunto Adnominal e Complemento Nominal

Quando...

Quero saber mais...

Questão Comentada da Banca IBFC Sobre Sintaxe

 

O verbo "há" é o filho do verbo "haver", note que o filho carrega a genética do pai. Vejamos, então, como esse verbo se classifica.

O verbo "haver", no sentido de existir, é considerado um verbo impessoal, ou seja, não apresenta sujeito em sua estrutura. Esse verbo apresenta três características essenciais:

Fica não singular
Apresenta objeto Direto
Contamina o verbo anterior 

Já mais coloque o verbo "haver" no plural, quando este apresentar o sentido de "existir"; não deve ir para o plural, já que não apresenta sujeito.

Havia pessoas na festa ontem.
Há pessoas na festa do Marcos.

Não apresenta sujeito, mas possui objeto direto. Essa é uma maldade nas questões de concursos públicos, pois a maioria dos estudantes acha que há sujeito.

Havia pessoas na festa ontem. = objeto direto
pessoas na festa...

Quero saber mais...

Como Identificar o Adjunto Adnominal

O adjunto adnominal é formado por 5 classes morfológicas, acompanhando sempre uma palavra substantiva. Ele pode vir antes ou depois do substantivo.

Pronomes
L
ocuções adjetivas
A
rtigos
N
umerais
A
djetivos

Os pronomes podem ser os possessivos, demonstrativos, indefinidos e oblíquos;  as locuções adjetivas são formadas de (preposição + substantivo), formando uma qualidade; os artigos podem ser os definidos (o - a) e indefinidos (uma - uma); os numerais são os cardinais, ordinais... E o adjetivo é a palavra que qualifica o substantivo.

Exemplos de Pronomes

Meu pai 
Seu
livro
Este
caderno
Algum
homem

Exemplos de Locuções adjetivas

Substantivo concreto + de + substatantivo = adjunto adnominal

Livro de português
Caneta de plástico
Professor de química
Aliança de ouro

Lembre-se também de que pode ocorrer com a fusão de preposição mais...

Quero saber mais...

Como Diferenciar o Objeto direto e indireto?

Objeto Direto e Indireto

Objeto direto e indireto são complementos do verbo, isto é, eles completam o sentido de um verbo. Alguns verbos precisam de complemento para que haja sentido na frase, quando isso ocorre, são chamados de verbos transitivos. O verbo pode ser transitivo direto, transitivo indireto ou também pode apresentar dois complementos ao mesmo tempo: verbo transitivo direto e indireto.

Objeto Direto

É o complemento verbal que não precisa de preposição, sendo formado por meio de:

1. Artigo

Quando o complemento começar com artigo definido (o - a) ou  indefinido (um - uma), haverá objeto direto:

Vi uma garota ali.
Quero a carteira agora.
Amei um homem na vida.

2. Substantivo

Quando o complemento começar direto com substantivo, haverá também objeto direto:

Comprei casas e lotes.
Vimos prédios bonitos na cidade.

3. Pronomes oblíquos (lo - la - no...

Quero saber mais...

6 Tipos de aposto na língua portuguesa

O aposto é uma palavra ou expressão capaz de explicar um substantivo, tendo a função de qualificá-lo. Nem sempre o aposto precisa ter pontuação, é possível encontrar aposto sem a presença de vírgula ou de qualquer pontuação.

1 - APOSTO EXPLICATIVO

Apresenta pontuação.
Pontuação mais comuns (vírgula, vírgulas, dois pontos e travessões).
Deve haver substantivo antes da pontuação.

1. Conheci o Professor Leo - jovem estudioso.
2. Conheci o Professor Leo: jovem estudioso.
3. Conheci o Professor Leo, jovem estudioso.

Perceba que a expressão "jovem estudioso" explica o substantivo "Professor Leo". É possível também haver aposto no meio da frase:

1. Pelé - Rei do futebol - está doente.
2. Pelé, Rei do futebol, está doente.
3. Pelé (Rei do futebol) está doente.

2...

Quero saber mais...

Como identificar o adjunto adnominal de vez

Como entender o adjunto adnominal

O adjunto adnominal é quando o substantivo é acompanhado por cinco classes gramaticais: pronomes, locuções adjetivas, artigos, numerais e adjetivos. Essas classes morfológicas desempenharão sintaticamente a função de adjunto adnominal. Para você memorizar de forma mais clara, criamos um tática mnemônica:

PLANA = ADJUNTO ADNOMINAL

Pronomes
Locuções adjetivas
Artigos
Numerais
Adjetivos

Vamos ao conceito de cada termo para você entender melhor o adjunto adnominal:

Pronomes: neste caso serão os pronomes adjetivos, ou seja, que acompanham o substantivo, podendo ser os possessivos (sua - tua - minha - nossa - vossa); os demonstrativos (aquele - esse - este); os indefinidos (outra - todo - qualquer) e variações desses pronomes.

Locução adjetiva: é formada por (preposição + substantivo), normalmente, podendo ser...

Quero saber mais...
Close

50% Complete